segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Cão de água português pode ser escolhido para companheiro das filhas de Barack Obama

Um cão de água português poderá ser o futuro companheiro de brincadeiras das filhas do presidente eleito dos EUA, conforme terá revelado este domingo Barack Obama, segundo a Lusa.



O presidente eleito dos EUA revelou que o cão prometido às suas filhas para compensá-las pela sua paciência durante a campanha eleitoral será um cão de água português ou um "labradoodle".

"Parece que decidiram escolher entre um cão de água português e um ´labradoodle´. Vamos começar a procurar nos refúgios", disse o presidente eleito, numa entrevista transmitida pela cadeia televisiva ABC.

Barack Obama deverá entrar na Casa Branca com a sua mulher Michelle e as filhas Sasha, de sete anos, e Malia, de 10 anos, a 20 de Janeiro.



A procura do companheiro de quatro patas para a nova presidência suscita um enorme entusiasmo nos EUA, com os cidadãos a sugerirem várias alternativas, mesmo tendo em conta que Malia tem alergias ao pêlo de cão.

O presidente reconheceu que a resolução da escolha do cão foi mais difícil que imaginava e brincou dizendo que "foi mais difícil que encontrar um secretário do Comércio".

O cão de água português é apresentado como podendo ser preto, castanho ou branco, com pêlo ondulado ou frisado, e com características de um excelente cão de guarda, mas também de terapia para crianças, doentes ou idosos, segundo o sítio de internet de um clube especializado em raças deste tipo.



Quanto à outra alternativa, resulta de um cruzamento entre o labrador e o caniche realizado na Austrália, nos anos 70, com o objectivo de servir de guia a cegos que sofressem de alergias, e tem a reputação de ser sociável, leal e não agressivo, refere o sítio de internet do clube britânico do "labradoodle".

Fonte: Região Sul

http://www.regiao-sul.pt/noticia.php?refnoticia=91059

Imagens:

http://www.geocities.com/j.aldeia/barcos/caodagua.jpg - Fotografia dum exemplar de Cão de Água Português, poderão ser encontrados no Parque Natural da Ria Formosa

http://www.phillipsartexpert.com/cms-media/2008-06-30/shepard-fairey-barack-obama-11.jpg - Imagem do Presidente dos Estados Unidos - Barack Obama

http://www.frontlineworks.com/galleries/stock/images/Presidential%20Suite,%20The%20White%20House,%20Washington%20D.C..jpg – Fotografia da Casa Branca em Washington, nos Estados Unidos da América

.
Pedro Abrantes (NAMB)

2 comentários:

Ana disse...

isto é notícia relevante para um blog auto-intitulado de "oficial" do Núcleo de Ambiente da Universidade do Algarve?

Namb disse...

Olá Ana,

Desde já uma boa noite para ti também!

Por acaso não deves ser da zona do Algarve, pois não?

Se calhar também não sabes a importância e o impacto que tem uma notícia destas para o Cão de Água Português?

O Cão de Água Português é um Cão que era bastante utilizado pelos pescadores, que os auxiliavam a recolher objectos de dentro de água, para além de fazerem companhia e avisarem quando um pescador estava em apuros, a afogar-se por exemplo, havendo mesmo registo de vários salvamentos efectuados por parte destes cães. É um Cão que possui um corte no pêlo característico, com mais pêlo no peito de modo a protegê-lo das temperaturas frias da água, e menos pêlo na zona posterior para facilitar a sua locomoção na água.

É um Cão muito acarinhado pelos Portugueses, em especial os Algarvios visto ser parte integrante da nossa história e costumes, como já deves ter constatado. É também um Cão que faz parte do PNRF – Parque Natural da Ria Formosa no Algarve, tendo em sua posse vários exemplares desta raça, fazendo mesmo demonstrações das habilidades desses Cães para o público em geral, na tentativa de manter viva a história com ele relacionada. Trata-se duma espécie que tem vindo a ser abandonada a nível de apoios financeiros e um pouco esquecida pelos Portugueses, pelo facto de haverem cada vez menos pessoas a ter em sua posse Cães desta raça. Mas o Parque Natural tem vindo a lançar campanhas de sensibilização, como demonstrações em Feiras Aquáticas, e a apostar na publicidade de modo a poder manter esta raça, pelo facto de já ter dado muito de si aos Portugueses.

Logo se o PNRF – Parque Natural da Ria Formosa se tem dado a tanto trabalho e investimento para manter e preservar esta raça, porque não há-de o NAMB – Núcleo de Ambiente da Universidade do Algarve postar uma notícia sobre a possibilidade do Cão de Água Português poder vir a fazer parte da família do Presidente dos Estados Unidos?

Já viste bem a publicidade que traz para esta raça? A quantidade de pessoas que a partir de agora vão também querer um Cão destes? Vai valorizar e atrair bastantes apoios para o Cão Português, que é uma raça nossa. É excelente! Daí o Namb querer também fazer parte desta causa, apoiando-a como pode, compreendes agora?

Saudações Académicas,
Pedro Abrantes